Trânsito

Incêndios: A1, A14, A23 e IC1 reabertos ao trânsito

Vias estiveram interrompidas durante várias horas por causa dos incêndios.

* Notícia atualizada às 23h55

A circulação na autoestrada 14 (A14), entre Coimbra e Figueira da Foz, já foi esta noite reaberta à circulação, assim como a A1 (autoestrada do Norte), interditadas devido aos fortes incêndios.

A Brisa alerta os condutores que circulem nestes troços para o fazerem devagar e em condições de segurança, devido à visibilidade reduzida por causa do fumo intenso.

A circulação na A14 foi restabelecida cerca das 23h, no troço entre Trouxemil/Coimbra Norte e o nó de Arazede, no concelho de Montemor-o-Velho, que dá acesso à estrada nacional 335, em ambos os sentidos, igualmente por causa do fogo que lavra na zona.

Também o lanço da Autoestrada do Norte (A1), entre o nó de Trouxemil/Coimbra Norte, de acesso a Coimbra e ao itinerário principal 3 (IP3) e nó da Mealhada, foi reaberto ao trânsito cerca das 22h10.

A circulação automóvel naquela via tinha sido cortada, nos dois sentidos, pelas 13h15 de hoje, devido ao incêndio florestal que, pelas 12h30, deflagrou em Barcouço, na Mealhada (distrito de Aveiro), perto do limite deste concelho com o município de Coimbra.

De acordo com a página da Proteção Civil na Internet, o incêndio florestal que deflagrou na freguesia de Barcouço, e que, entretanto, alastrou ao município de Montemor-o-Velho, estava, pelas 22h35, a ser combatido por 405 operacionais, apoiados por 122 viaturas.

Durante a tarde, contactada pela TSF, a adjunta de operações da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, explicou que o incêndio na zona estava a "provocar muito fumo que reduz a visibilidade na autoestrada do norte, pelo que foi solicitado o corte nos dois sentidos. No sentido norte-sul ao quilómetro 209 e no sentido sul-norte ao quilómetro 199".

A23 reaberta ao trânsito na zona de Abrantes

A circulação na Autoestrada da Beira Interior (A23), na zona de Abrantes; também já foi reaberta, mantendo-se cortadas as estradas E.N.358, E.M.544, E.M.1212-1.

A A23 esteve cortada em ambos os sentidos na zona de Abrantes, no distrito de Santarém, devido ao incêndio que lavra desde quarta-feira naquele local, de acordo com o comando da GNR de Abrantes.

Segundo o capitão Flambó, em declarações à agência Lusa, a A23 foi cortada pelas 19h40 por questões de segurança, na sequência do incêndio que está a ser combatido por 660 operacionais, apoiados por 207 veículos e 10 meios aéreos.

IC1 reaberto em Grândola

Também já foi reaberta a circulação no IC1, concelho de Grândola.

A via esteve cortada entre as zonas de Canal Caveira e Azinheira Barros (entre o quilómetro 601 e 603), devido a um incêndio de duas frentes ativas que também obrigou ao corte da linha ferroviária do sul, entre Lousal e Canal Caveira.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

  COMENTÁRIOS