Pedrogão Grande

Até um vestido de noiva? Solidariedade não é limpar os armários

As pessoas deviam dar aos outros aquilo que gostavam de receber para elas e não simplesmente despejar a casa", aconselham as cinco amigas que, na Graça, estão a fazer a triagem das doações.

Panos de cozinha, louça, roupa, comida, produtos de higiene. Há de tudo no centro de triagem da Graça, que está a ser organizado por Ângela, Nair, Andreia, Salomé e Rafaela. As cinco amigas, entre os 12 e os 16 anos, separam as roupas por género e por tamanho e arrumam a comida em sacos "para distribuir pelas pessoas".

Entre a solidariedade dos portugueses, já encontraram as coisas mais estranhas. Até "um penso higiénico usado, sim usado!". Mas há mais: umas calças que não tinham fecho, "tinham um buraco" na zona dos genitais, "camisas sem gola" e "um vestido todo roto".

"Às vezes, parece que há pessoas que fazem a limpeza à casa e trazem para aqui. Se calhar a intenção até é boa, mas podiam ter um bocadinho mais de cuidado. Mandam roupa toda suja... As pessoas deviam dar aos outros aquilo que gostavam de receber para elas e não simplesmente despejar a casa", aconselham.

Limpeza de armários à parte, Dina Duarte, que anda a ajudar na distribuição das ofertas que vão chegando a Pedrógão Grande, assegura que já receberam roupa suficiente para dar a quem perdeu a casa. A ajuda que veio de todo o país comoveu-a: "É verdadeiramente emocionante verificar como nós, portugueses, somos tão solidários e é emocionante ver como a informalidade funciona tão bem".

As cinco raparigas conversam numa pausa entre arrumações. Dina aproveita o momento para lhes perguntar: "Tinham-me falado que encontraram um vestido de noiva, não foram vocês?". Elas dizem que não. Entre as tais "coisas estranhas" não foi ali que apareceu, mas noutro lado.

Um vestido de noiva! Uma onda de solidariedade grande - e, por vezes, indiscriminada - trouxe um vestido de noiva.

Junto às tendas de campanha montadas no centro de Pedrógão Grande, há roupas e malas e sapatos amontoados com uma etiqueta a dizer "Reciclagem". Estão demasiado velhos, demasiado sujos ou demasiado gastos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

  COMENTÁRIOS