Incêndios

Helicóptero de combate aos fogos em Alijó sofre incidente e não queda

Piloto do helicóptero "está bem", segundo a Proteção Civil. A Everjets, empresa que opera os helicópteros ligeiros de combate aos fogos, vai instaurar um inquérito ao incidente.

Um helicóptero Ecureuil AS350B3 acionado para o combate a um incêndio no concelho de Alijó, distrito de Vila Real, sofreu um incidente este domingo, mas o piloto "está bem", informou fonte da Proteção Civil.

Inicialmente pensou-se que o aparelho tinha caído mas fonte do Ministério da Administração Interna explicou à TSF que não se tratou de uma queda mas sim de uma aterragem de emergência na sequência de uma avaria.

A Proteção Civil adiantou que enquanto o helicóptero combatia o incêndio em Alijó, durante os testes ao balde que estavam a ser efetuados pelo piloto, na zona da barragem, foi registada uma anomalia com o aparelho. O piloto conseguiu conduzir o aparelho para a margem e fazer uma aterragem forçada mas controlada.

O piloto desligou os circuitos elétricos e a alimentação de combustível e ainda conseguiu sair do aparelho pelo próprio pé.

"O piloto da aeronave manteve-se consciente e orientado, segundo informação dos meios de socorro que prontamente acorreram ao local. No entanto, o Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) deu indicações para que o piloto fosse transportado ao hospital de Vila Real com vista a avaliação clínica e exames complementares", adiantou a Proteção Civil em comunicado.

A GNR isolou a área do acidente e está a recolher indícios para enviar ao Gabinete de Prevenção e Investigação com Aeronaves e Acidentes Ferroviários.

A Everjets, que opera os helicópteros ligeiros de combate aos fogos, vai instaurar um inquérito ao acidente. Em comunicado, o Conselho de Administração da Everjets informa que "já decidiu instaurar um inquérito às circunstâncias do acidente e garante a substituição do aparelho ora acidentado no dispositivo em alerta", no combate aos incêndios.

A empresa confirmou que o acidente se deu cerca das 15h30 com o helicóptero Ecureuil e não fez vítimas, tendo "o piloto sido conduzido ao hospital por mera precaução".

A Everjets explica que o acidente aconteceu quando o aparelho "abastecia água na barragem de Vila Chã".
As autoridades competentes foram informadas do acidente, segundo a Everjets.

* Notícia atualizada às 21h00 com esclarecimento da Proteção Civil

  COMENTÁRIOS