Incêndios

Incêndio em Cantanhede obriga a novo corte da A14

O fogo em Cantanhede reacendeu esta tarde e, por precaução, a circulação na A14 voltou a ser cortada nos dois sentidos. Nesta altura, há 18 incêndios ativos em Portugal continental.

A adjunta da Proteção Civil Nacional avançou à TSF que o reacendimento do fogo de Cantanhede aconteceu pouco antes das 15h e que estão no local mais de 300 operacionais, apoiados por 95 viaturas e três aeronaves.

"O incêndio reativou neste momento, estamos a acompanhar a situação e o evoluir da mesma. Não temos indicação, para já, de pontos críticos, (...) mas o incêndio está a cortar a A14 novamente. A povoação mais próxima que se situa na linha de desenvolvimento do incêndio chama-se Zouparria", adiantou Patrícia Gaspar.

A A14 foi cortada nos dois sentidos, entre os nós de Coimbra Norte e Santa Eulália.

DR/Brisa

Ao todo, nesta altura, há "18 incêndios ativos em todo o país" que estão a ser combatidos por três mil operacionais, apoiados por 27 aeronaves.

Destes 18 fogos, três que começaram esta tarde concentram as atenções da Proteção Civil e bombeiros, de acordo com Patrícia Gaspar. Para além do já referido incêndio em Cantanhede, há outro fogo em Montemor-o-Velho, também no distrito de Coimbra. E ainda um terceiro incêndio em Pombal, distrito de Leiria.

  COMENTÁRIOS