Sociedade

Ministério Público abre inquérito ao fogo de Pedrógão

A abertura do inquérito ficará a cargo do Ministério Público de Figueiró dos Vinhos e será feita esta segunda - feira. Trata-se de um procedimento obrigatório por lei sempre que ocorrem mortes.


A noticia é avançada pelo Observador que cita fontes do Ministério Público e da Policia Judiciária.

A abertura do inquérito - crime é um procedimento obrigatório sempre que há mortes e tem como objetivo analisar todas as provas recolhidas no terreno no sentido de apurar a origem, do que aconteceu.

Em declarações na manhã deste domingo, o diretor nacional da PJ, Almeida Rodrigues, referiu que todos os indícios apontam para uma causa natural do incêndio (trovoada seca) pelo que neste inquérito -crime serão cruzadas as provas recolhidas pela PJ no terreno bem como as que foram recolhidas pelo Instituto Nacional de Medicina Legal.

Se se confirmar que na origem do ocorrido em Pedrógão Grande esteve uma causa natural, como referiu o diretor nacional da PJ, o inquérito criminal será arquivado.

  COMENTÁRIOS