Papa Francisco

"Operação Fátima" começa hoje com mais de 600 operacionais e 100 viaturas

A operação de proteção e socorro para a visita do papa a Fátima tem início esta quarta-feira e decorre até 14 de maio, envolvendo cerca de 670 operacionais e "mais de uma centena de viaturas".

A "Operação Fátima 2017" envolve várias equipas compostas "na sua maioria, cerca de 50%," por corpos de bombeiros, mas também por operacionais de entidades como o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Cruz Vermelha Portuguesa e o Corpo Nacional de Escutas, disse Miguel Cruz, adjunto de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

As equipas estão preparadas para responder a vários tipos de operações, garantiu Miguel Cruz, com especial enfoque na "prevenção a tudo o que diga respeito às cerimónias religiosas, ao socorro diferenciado, na área da emergência pré-hospital, realização de evacuações primárias e secundárias, resposta em caso de acidentes de tráfego, incêndios".

O dispositivo de proteção e socorro quer "garantir bem-estar" a quem se encontra no santuário mas também "ao longo do percurso de peregrinação, na medida em que estão disponíveis um conjunto de postos de assistência ao longo daquilo que são os caminhos de Fátima", referiu.

A ANPC acrescentou que "as pessoas podem ir recolhendo apoios e cuidando de algumas pequenas mazelas que vão tendo ao longo desse mesmo percurso", garantindo que na Cova da Iria "estarão garantidas todas as condições que garantem o bem-estar [dos visitantes] durante todas as cerimónias".

A ANPC criou uma plataforma digital para apoiar os peregrinos "antes de iniciar a peregrinação, durante a peregrinação e depois no espaço do Santuário", disse Miguel Cruz.

O site fornece "informação relativamente aos postos de assistência que foram preparados para o acolhimento ao longo dos percursos", assim como dados sobre "os postos de socorros, localização de bebedouros, localização de zonas onde podem assistir às cerimónias religiosas através de ecrãs gigantes", garantiu Miguel Cruz.

A operação tem início a partir das 10h de quarta-feira, dia 10 de maio, e termina às 20h de domingo, 14 de maio. O dispositivo conta com cerca de 670 operacionais, podendo este número ser aumentando com mais de 312, caso ocorra alguma situação de exceção, anunciou a ANPC.

  COMENTÁRIOS