Sociedade

Operações de vigilância e rescaldo reforçadas com 250 militares

O reforço vai incidir sobre as áreas afetadas pelo incêndio em Mangualde, Alijó e Mirandela.

O Exército reforçou hoje com mais 250 militares o apoio à proteção civil em ações de vigilância e rescaldo nos incêndios nas regiões de Mangualde, Alijó e Mirandela, anunciou hoje o Estado-Maior das Forças Armadas (EMGFA).

Em comunicado, o EMGFA referiu que foram hoje mobilizados "dez pelotões do Exército, com cerca de 250 militares e dezenas de viaturas, e quatro máquinas de rasto", no apoio a "ações de vigilância e rescaldo nos incêndios que têm fustigado o continente nas últimas horas".

Cinco pelotões e quatro máquinas de rasto foram enviados para a região de Alijó, três para a região de Mangualde e duas para Mirandela, acrescentou.

Na quinta-feira passada tinham sido mobilizados 200 militares para ações de patrulhamento e vigilância florestal nas zonas de maior índice de risco de incêndios, em dez distritos do país.

  COMENTÁRIOS