SEF

Reunião de última hora para tentar evitar greve do SEF

Sindicato espera para ver a boa-fé da ministra e garante estar aberto ao diálogo "até ao último minuto".

A ministra da Administração Interna chamou o sindicato que representa os inspetores do SEF para tentar evitar a greve que ameaça provocar o caos nos aeroportos. O SEF tem uma greve de 48 horas marcada para quinta e sexta-feira e o sindicato espera agora para ver a boa-fé da ministra.

O presidente do Sindicato dos Inspetores do SEF, Acácio Pereira, promete negociação até ao fim, mas não vê nesta reunião mais do que um sinal de abertura ao diálogo.

Na origem do protesto está a falta de respostas do Governo à reivindicação de pelo menos mais de 200 trabalhadores e mais meios para reforçar a capacidade operacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Tendo em conta a greve que está marcada para quinta e sexta-feira, a ANA - Aeroportos de Portugal já recomendou aos passageiros dos voos para fora da Europa que cheguem com pelo menos quatro horas de antecedência. O mesmo se aplica a quem viaja para o Reino Unido, Rússia, Turquia, Bulgária e Ucrânia.

  COMENTÁRIOS