Organização Mundial de Saúde

Tabaco no cinema pode passar a ser "filme de adultos"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) quer que todos os países-membros utilizem um sistema de certificação que classifique filmes e séries televisivas como sendo "para adultos" sempre que incluírem cenas com pessoas a fumar.

Filmes com tabaco podem passar a ter classificação de filme para adultos

Esta recomendação da OMS consta de um relatório que é hoje apresentado sobre a influência que a presença de fumadores em filmes e séries de televisão exerce sobre a decisão dos jovens começarem a fumar.

A OMS acredita que reduzir a exposição visual à presença de fumadores poderá retardar o início desse vício, assim como as doenças a ele associadas.

De acordo com os Centros de Prevenção e Controlo de Doenças nos Estados Unidos, seis milhões de adolescentes começaram a fumar em 2014 depois de terem sido expostos a cenas onde aparecem fumadores e, desses, dois milhões poderão morrer de doenças relacionadas com o consumo de tabaco.

No ano de 2014, cenas com fumadores foram detetadas em 44% de todos os filmes produzidos por Hollywood, e em 36% de todos os filmes classificados para jovens. Neste sentido a US Surgeon General (a Direção Geral de Saúde dos Estados Unidos) fez um relatório onde defende que a classificação para adultos em filmes com fumadores reduziria em 20% o número de novos fumadores jovens.

  COMENTÁRIOS