ciclovias

Uma vida a pedalar. Um compromisso pela bicicleta

A promoção do uso dos velocípedes como meio de transporte é um dos objetivos do Compromisso pela Bicicleta, que o TSF Bikes apoia.

A promoção do uso dos velocípedes como meio de transporte e a redução do número de automóveis nas deslocações diárias são dois dos vários objetivos do projeto Compromisso pela Bicicleta.

Lançado pela Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave da Universidade de Aveiro, este compromisso tem como objetivo "colocar na agenda pública o tema da bicicleta nas suas múltiplas dimensões, alinhar os esforços dos vários parceiros (governo, autarquias, universidades, empresas do sector, empresas em geral, organizações da sociedade civil) e tirar partido das competências existentes em Portugal no seio do tecido institucional, universitário, empresarial e cívico", lê-se na apresentação.

Este compromisso integra uma rede de orgãos de comunicação social, incluindo o programa TSF Bikes.

Este projeto surge num ano que "pode vir a ser decisivo para a bicicleta em Portugal com benefícios para os cidadãos, a economia, a mobilidade e as cidades", consideram os promotores.

"No presente ano de 2016, prevêem-se um conjunto de programas públicos de investimento em Portugal dos quais se salienta o UBike, promovido pelo IMT [Instituto da Mobilidade e Transportes] e dirigido a instituições de ensino superior (com uma dotação de 5,5 milhões de euros), e os Programas Estratégicos de Desenvolvimento Urbano promovidos por cerca de 100 municípios com uma linha de ação dirigida especificamente para a mobilidade urbana sustentável (que poderá ir até 300 milhões de euros)", especifica o Compromisso.

Para já, as metas apontadas no documento pretendem-se fáceis de atingir, tanto mais que não implicam qualquer investimento e são feitas a custo zero, realçou um dos envolvidos no compromisso, José Carlos Mota.

Exemplo desses objetivos é o aumento de dez por cento na quota de uso da bicicleta nas deslocações entre casa e o trabalho ou a escola, que é atualmente de apenas 0,5 por cento, pretendo atingir os 0,55 por cento num prazo que nem és proposto.

Mais ambiciosa é a redução em dez por cento nas deslocações feitas com veículo automóvel individual, que atingem 60 por cento das deslocações casa-trabalho ou escola, de acordo com o Censos de 2011

O incentivo à aquisição de bicicletas vem a seguir, também com o intuito de estimular a produção nacional no setor, que já é o terceiro mais importante da Europa, a seguir à Alemanha e à Itália.

Com mais uso da bicicleta, reduz-se a sinistralidade nas estradas, outra das metas do Compromisso.

Reduzir as emissões e a dependência energética dos combustíveis fósseis e qualificar e humanizar o espaço público das cidades são outros objetivos do projeto, que tem periodicidade anual e se vai renovando a cada ano.

Sob a forma de um a Desafio Nacional, são convidadas a aderir as autarquias e comunidades intermunicipais, instituições de ensino e saúde, entidades e organizações públicas, privadas e da sociedade civil.

Parceiros na iniciativa da Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave são, para já, a associação empresarial ABIMOTA, a Federação Portuguesa de Ciclismo, a Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta e a associação de promoção do uso do velocípede.

  COMENTÁRIOS