Saúde

Bolachas Maria e de água e sal têm gordura e sal a mais

Um estudo do Instituto Ricardo Jorge concluiu que há marcas de bolachas que usam o dobro do sal e da gordura necessárias. A DGS vai apresentar recomendações nutricionais à indústria.

O estudo nutricional do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge verificou que há marcas que chegam a usar o dobro do teor de sal e gordura utilizado por outras para produzir produtos muito parecidos.

Os investigadores analisaram 15 marcas de bolachas Maria e de água e sal à venda em hipermercados na região de Lisboa, para compreender os potenciais riscos ou benefícios de cada uma para a saúde, com base nas recomendações de ingestão diária de cada nutriente.

Entre a amostra, estão desde produtos de marca branca e marca comercial, e ainda, sem glúten e sem açúcar.

A Direção Geral da Saúde (DGS) prepara-se agora para reunir com a indústria alimentar para chegar a conclusões conjuntas. Segundo o diretor do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Pedro Graça, a reunião deve acontecer dentro de semanas. A DGS vai recomendar às marcas "metas nutricionais" para alterar a composição das bolachas.

Em declarações à TSF, Pedro Graça aconselha os consumidores, sempre que possível, a preferir o pão às bolachas, já que tem muito menos substâncias adicionadas.

O nutricionista defende também que a indústria tem muito a ganhar se ajustar nutricionalmente os ingredientes utilizados na produção das bolachas.

  COMENTÁRIOS