Saúde

Carne na UE respeita os mais altos padrões de segurança

Bruxelas vai dedicar-se à análises cuidada do documento da Organização Mundial de Saúde. O porta-voz para a Saúde e Segurança Alimentar, Enrico Brivio considera que nesta área os europeus podem estar tranquilos.

A legislação e o sistema europeu e o sistema de controlo garantem que os alimentos, incluindo a carne, na União Europeia respeita os mais altos padrões de segurança alimentar.

O porta-voz diz ainda que Bruxelas já tem trabalho feito em matéria de prevenção e controlo do cancro. "A comissão está, por um lado a promover a monitorização do cancro do Colon e a ajudar os Estados-Membros a desenvolverem programas de monitorização e sempre destacámos que uma dieta saudável e equilibrada e a atividade física são importantes contributos para manter os estado de saúde de cada um", explicou o comissário.

Mas, Enrico Brivio garante que a Comissão vai prestar toda atenção ao documento: "Vamos avaliar cuidadosamente esse documento, como sempre fazemos com o documentos que nos chegam da Organização Mundial de Saúde. A Comissão Europeia tem alguns especialistas a analisar cuidadosamente esses estudos e, eventualmente, a Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar também, de certeza, que terá o estudo em consideração".

O porta-voz da Comissão Europeia a dizer que Bruxelas vai analisar cuidadosamente as conclusões da Organização Mundial de Saúde sobre a relação dos alimentos processados e o cancro. mas a lembrar também que a União Europeia respeita altos padrões de segurança alimentar.

  COMENTÁRIOS