voluntariado

"Não é voluntário quem quer"

A afirmação é de Manuel Campos, presidente da Liga dos Amigos do Hospital de Santo António, no Porto, que está a comemorar 40 anos.

"Ajudar, Estar, Apoiar". É este o lema da Liga dos Amigos do Hospital de Santo António. Em ano de aniversário redondo, a liga que nasceu em 1977, tem quase 270 voluntários que todos os dias prestam apoio aos doentes e seus familiares nesta unidade hospitalar.

Servir um café, emprestar um jornal, dar um sorriso, prestar uma informação e dar apoio moral são pequenos grandes gestos dos voluntários que se distribuem pelo hospital, vestidos com bata branca, onde ostentam "V" ao peito.

2017 é o ano em que a Liga comemora o seu 40º aniversário. Para o presidente, Manuel Campos, o voluntariado faz cada vez mais sentido, num regime de complementaridade com o hospital, assumindo um papel ativo na rotina da instituição.

Manuel Campos lembra que os voluntários são sujeitos a um processo de formação, em que aprendem a lidar com os doentes e as doenças. Uma preparação que se complementa com o caráter do voluntário. Nas palavras de Manuel Campos "Não é voluntário quem quer. É muito importante ter sempre um sorriso e disponibilidade para ouvir".

  COMENTÁRIOS