Ambiente

Chuva de meteoritos: Mais de 900 feridos (com vídeos)

O número de feridos devido à queda de um meteorito na região dos montes Urais aumentou para 950 pessoas. Os cidadãos de Tcheliabinsk filmaram o fenómeno.

Na região russa dos Montes Urais uma chuva de meteoritos fez 950 feridos, das quais 112 foram internadas. Seis cidades foram afetadas.

Os cientistas russos, e outros mundo fora, já trataram entretanto de dizer que este fenónemo não tem qualquer relação com o asteróide que ao final da tarde passará proximo da terra.

Um minuto e meio depois de um clarão brilhante, os habitantes de Tcheliabinsk começaram a ouvir explosões. Veja aqui o vídeo:

Ao entrar na atmosfera um grande meteorito desintegrou-se e dividiu-se em milhares de fragmentos. Muitas deles foram embater em janelas. Terão sido os vidros partidos a causar os feridos, conta a Agência France Presse.

Os números ainda são preliminares mas estão a ser avançados pelo ministério do interior Russo.

A zona é pouco habitada e foi a cidade de Tcheliabinsk a mais afetada. A Agência russa Interfax indica que um muro de uma fábrica cedeu e foi lá que os edifícios mais altos foram "bombardeados" com meteoritos.

O ministério russo para as Situações de Emergência já enviou para o local 20 mil homens. As autoridades sublinham contudo que não houve necessidade de evacuar a população.

Notícia atualizada às 14:50

  COMENTÁRIOS