Vida

Satélite atmosférico produzido no Barreiro

Está a nascer no Barreiro o Skyorbiter LA25, um aparelho voador não tripulado que pode resolver problemas especialmente às populações de zonas remotas. Mas não só.

A máquina cruza capacidades de um satélite com aquilo a que tradicionalmente chamamos drone. Um satélite atmosférico com duas semanas de autonomia de voo, e uma envergadura de mais de 22 metros.

Um grupo de investigadores portugueses quer mostrar o aparelho no ar e as primeiras apresentações, nos mercados internacionais, foram animadoras.

Agora, está à espera de uma pista para levantar voo.

  COMENTÁRIOS