Bairros Sociais

Almada: Rendas no Bairro Rosa aumentaram em Março

É conhecido como o Bairro Rosa mas é negro, nesta altura, o espiríto dos mais de dois mil moradores deste bairro social em Almada que viram as suas rendas aumentarem.

Há um sentimento de revolta entre os moradores do Bairro Rosa, em Almada, que este mês viram aumentadas as rendas da casa. Em alguns casos, a actual renda é superior ao rendimento da família.

As rendas não aumentavam há mais de 25 anos, mas o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), que no ano passado fez melhorias no bairro no valor de cerca de três milhões de euros, decidiu agora aplicar o regime de renda apoiada.

Os moradores queixam-se de que há casos em que a renda passa de cinco para 250 euros e outros que dispara de 20 para 750 euros, mas o IHRU garante que o valor máximo de actualização das rendas é de 400 euros, dentro de cinco anos.

O IHRU esclarece ainda que os aumentos de renda muito pronunciados ficam, certamente, a dever-se ao facto do arrendatário não ter entregue a documentação que a legislação obriga. Mas, acrescenta o IHRU, logo que tal aconteça, as situações vão ser imediatamente revistas.

  COMENTÁRIOS