Pescas

Apanha de bivalves interdita de novo em parte da costa

O Ministério da Defesa interditou, pela segunda vez este ano, a apanha de bivalves na costa Oeste, litoral Alentejano e no Algarve, depois de o Instituto Nacional de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR) ter detetado a presença de toxinas nas águas.

No comunicado publicado no site oficial, o IPIMAR interditou a apanha, consumo e comérciode quaisquer bivalves entre Peniche e Lisboa e entre Setúbal e Sines, assim como na costa algarvia entre Lagos e Portimão e Olhão e Faro.

As restrições abrangem também a lagoa de Albufeira e a costa entre Portimão e Lagos, mas só no caso do mexilhão e berbigão.

  COMENTÁRIOS