Turismo

As perguntas insólitas dos turistas no Algarve

São estranhas e algumas vezes despropositadas. A partir de hoje, as dúvidas e questões que os técnicos de turismo ouvem e não esquecem vão ficar para a história num blogue.

«Sabe dizer-me de que miradouro se avista Marrocos?». A pergunta parece insólita mas é uma das muitas questões estranhas que os funcionários dos Postos de Turismo do Algarve têm registado ao longo dos anos. Esta foi formulada no posto da Praia da Rocha, em Portimão, mas há muitas mais.

Cada uma revela, no fundo, a personalidade de cada um dos turistas. Por exemplo, aqueles que têm falta de orientação. «Já visitei várias cidades, mas o Algarve, onde fica?».

Ou «quantas horas se leva a chegar a Espanha, a pé, pela praia?». Neste caso, um turista sénior que, saliente-se, usava canadianas, não se lembrou que há o rio Guadiana a separar os dois países.

Há também os curiosos e difíceis de entender. Esses perguntam, por exemplo, «quantas toneladas de areia tem a praia?», «quanto tempo demora a areia a secar?», ou «qual o dia em que o pôr-do-sol é mais intenso em Sagres, à sexta ou ao sábado?».

Depois há aqueles que julgam estar em África, como o turista que perguntou no Posto de Quarteira onde se podia vacinar contra a febre amarela visto ter sido picado por um mosquito.

Por fim os exigentes. Um casal holandês que pretendia casar no Algarve perguntou em Loulé onde podia arranjar um falcão para levar as alianças. Noutro caso, uma senhora, em Monte Gordo, queria saber onde havia restaurantes com loiça da Vista Alegre, pois só comia em pratos daquela marca.

Muitas perguntas (que vão ficar disponíveis aqui), no mínimo inesperadas, que fazem também parte das memórias da região de Turismo do Algarve, que celebra 45 anos. A cerimónia para assinalar a data vai contar com a presença de Pedro Passos Coelho.

  COMENTÁRIOS