TSF

  • Menu
  • Em Directo
produtividade

É feliz no trabalho?

Ser feliz no trabalho contribui, de forma considerável, para a produtividade das empresas. Esta é uma das principais conclusões desenvolvidas num estudo da Universidade Portucalense.

PUB

Comemora-se esta quinta-feira, pelo segundo ano, o Dia Internacional da Felicidade, decretado pelas Nações Unidas.

A este propósito, a TSF falou com Mário Andrade, autor do estudo "Poder económico da felicidade organizacional", que admitiu que ainda não há um grande investimento nesta área em Portugal.

Para este mestre em gestão, as empresas ainda não têm estratégias pensadas para conseguir desenvolver a felicidade organizacional.

«Essa felicidade organizacional, para ser implementada, implica um investimento considerável e paciência. Os empresários em Portugal estão voltados para um retorno imediato ou a curto prazo, o que não se coaduna com um processo desta natureza», considerou.

O estudo debruçou-se sobre três empresas portuguesas de sucesso. Conclusão: a maioria dos portugueses não é feliz no trabalho e são cada vez mais os portugueses que dependem do trabalho para ser feliz.

Uma das opções passa por emigrar. A TSF falou com vários portugueses que escolheram esse caminho e sublinham que é preciso coragem para ser feliz. Também são muitos os que pensam em não voltar para Portugal.

  COMENTÁRIOS