Bento XVI

Expressão facial do actual Papa

Não são o oposto, mas entre João Paulo II e Bento XVI existem muitas diferenças. Durante cinco anos, Freitas Magalhães, director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção analisou a expressão facial do actual Papa.

Freitas de Magalhães descobriu que o antecessor de Bento XVI captava mais depressa a empatia dos fiéis. Sorria mais e mais intensamente. 

O director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção analisou três factores que influenciam o nosso comportamento facial– a idade, o género e o contexto social.

Nascido na Alemanha, na Baviera, Bento XVI é o espelho dos costumes da terra onde nasceu. No rosto do Papa há dois traços fortes - os olhos e a boca.

É em situações de protocolo que Bento XVI mais se sente à-vontade. É cuidadoso na forma como se exprime, mas há uma sintonia, coerência e verdade entre o que diz e as emoções que o rosto transmite.

Emoções negativas também se notam, as notícias de pedofilia, alteraram um pouco o padrão.

Freitas Magalhães diz que à medida que envelhecemos rimos-nos menos. Não fosse a idade e este professor conseguia imaginar o que nunca se viu em público – uma gargalhada do Papa Bento XVI. Já esteve perto em algumas ocasiões, mas será cada vez mais impossível.

  COMENTÁRIOS