Espanha

Loja espanhola anuncia fecho meia hora depois da inauguração

Os 22 funcionários de uma empresa de informática na Corunha ficaram a saber que vão ser despedidos meia hora depois de a loja ter sido inaugurada.

A multinacional britânica Dixon Retails, proprietária da PC City, vai fechar em Espanha e todos os trabalhadores vão ser despedidos, incluindo os que trabalham na nova loja, situada num dos mais badalados centros comerciais da Corunha.

«É chocante», admitiu o porta-voz da multinacional em declarações ao jornal El País.

Apesar da proposta de fecho já estar em cima da mesa, a empresa «viu-se obrigada a abrir a loja», devido a «compromissos contratuais» que não podiam ser desrespeitados, adiantou Adolfo Lorenzo.

Os funcionários preferiram não prestar declarações, pelo menos não permitiram que elas fossem gravadas pela jornalista do El País.

Ainda assim, a gerente mostrou-se desiludida e um outro empregado acrescentou que a equipa, de 22 pessoas, já vinha praticamente toda da outra loja que ficava num centro comercial mais pequeno e com menor visibilidade.

O porta-voz da multinacional justificou que a empresa acumula prejuízos desde 2000 e, por isso, optou por fechar todas as lojas em Espanha, 33 no total, lançando no desemprego mais de 1200 pessoas.

  COMENTÁRIOS