Igreja Católica

Novo patriarca de Lisboa jura obediência ao papa e recebe pálio no Vaticano

O futuro patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, jurou hoje de manhã fidelidade e obediência à igreja ao receber o pálio das mãos do papa, numa cerimónia realizada na Basílica de S. Pedro, no Vaticano.

O patriarca português foi o primeiro entre 34 a receber a insígnia, num grupo que incluiu três brasileiros e um moçambicano, e leu o juramento, proferido em latim, em nome de todos , refere a agência de notícias religiosas Ecclesia.

Segundo a mesma fonte, a entrega do pálio, insígnia litúrgica de honra e jurisdição da igreja católica, decorreu durante a celebração anual do dia dos padroeiros de Roma.

Durante a manhã, cada um dos 34 arcebispos nomeados nos últimos 12 meses jurou ser "sempre fiel e obediente" ao "beato Pedro apóstolo", à "santa, apostólica Igreja de Roma", ao papa e seus "legítimos sucessores".

O pálio -- uma faixa de lã branca com seis cruzes pretas de seda que será envergada pelos arcebispos nas suas dioceses - estiveram desde a noite de sexta-feira junto do túmulo do apóstolo Pedro, o primeiro papa da Igreja Católica, tendo sido hoje abençoados pelo atual papa.

Manuel Clemente, de 64 anos, exercia as funções de bispo do Porto, tendo sido nomeado sucessor de José Policarpo no passado dia 18 de maio, devendo tomar posse do cargo no dia 06 de julho, na Sé de Lisboa.

  COMENTÁRIOS