Indústria

Novos donos da Lisnave garantem futuro da empresa

Os novos donos da Lisnave asseguram que o futuro da empresa está garantido O Grupo Mello cedeu a sua posição na Lisnave a dois quadrosda empresa, no dia em que expirou o prazo dado ao Governo para apresentar uma solução para os estaleiros.

Os novos donos da Lisnave assumem a responsabilidade pelo futuro da empresa.

A TSF sabe que a garantia foi dada ao ministério da Economia, através de uma carta de intenções entregue esta manhã pelo Grupo Thyssen, parceiro estratégico da Lisnave, e subscrita pela KPEL, de Singapura e por dois quadros portugueses a quem o Grupo Mello vendeu a posição na Lisnave pela quantia simbólica de um dolar.

O compromisso envolve a injecção de dois milhões e quinhentos mil contos na empresa por parte do Grupo Mello.

O prazo para uma solução alternativa expirava hoje e o Grupo optou pela venda da posição que detinha na empresa, aos administradores José Rodrigues e Nelson Rodrigues.

O Governo criticou a opção da Lisnave de ceder a sua posição a quadros da empresa por entender que viola o acordo que foi outorgado com o Estado.

  COMENTÁRIOS