Politeama

Nuno Guerreiro vai ser operado sexta-feira

Dos cinco actores feridos devido à queda de uma plataforma durante o musical «Amália», na terça-feira passada, apenas Nuno Guerreiro continua internado no Hospital Particular de Lisboa, com um entorse da tíbia-társica, devendo ser operado à perna direita na próxima sexta-feira.

Nuno Guerreiro, de 33 anos, falou à TSF Online e explicou que sofreu de um entorse da tíbia-társica na perna direita, devido à queda de uma plataforma amovível onde se encontrava com outros actores, na terça-feira passada, por volta das 23:00, durante uma sessão do espectáculo «Amália». «Nada fazia prever o que aconteceu», afirmou o actor.

Nuno Guerreiro, que após sucessivas transferências de hospital para hospital, encontra-se agora no Hospital Particular de Lisboa, adiantou ainda que deverá ser operado na próxima sexta-feira.

O acidente não vitimou nenhum dos espectadores, mas provocou ferimentos em mais quatro actores, entre eles Joel Branco e Mariema. Joel Branco acabou por ter alta no próprio dia, após ter sido transportado do Hospital de S. José para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. Os outros três actores também tiveram alta no próprio dia.

De acordo com a agência Lusa, que cita fonte da produção de Filipe La Féria, as causas do acidente já estão a ser avaliadas por uma equipa técnica constituída por elementos da companhia e por profissionais da Câmara Municipal de Lisboa.

Assim, só após a plataforma ser reparada é que será retomado o espectáculo, o que deverá acontecer já para a próxima semana. A última representação está marcada para 23 de Dezembro, um prazo que não deverá ser alargado, uma vez que a companhia de Filipe La Féria já tem outros compromissos em agenda.