Macau

Rocha Vieira condecorado hoje com mais 13 personalidades

O Presidente da República, Jorge Sampaio condecora, esta quinta-feira, no Palácio de Belém, o ex-governador de Macau Rocha Vieira e outras 13 personalidades ligadas ao período de transição do território.

Na cerimónia, marcada para as 18:00, serão condecorados, além de Rocha Vieira, os ex secretários-adjuntos do governador, Manuel Monge (Segurança), Vítor Pessoa (Economia), Jorge Silveira (Justiça), Alarcão Troni (Saúde e Assuntos Sociais), Alves Paula (Transportes e Obras Públicas) e António Salavessa da Costa (Comunicação, Turismo e Cultura).

A distinção escolhida para o general Vasco Rocha Vieira, o Grande Colar da Ordem do Infante D. Henrique, é destinada exclusivamente a Chefes de Estado.

No entanto, refere o diploma promulgado por Jorge Sampaio em Agosto, «a grande dignidade com que decorreu o termo da administração portuguesa de Macau, e a sua devolução à República Popular da China constituíram tarefas ímpares e uma realização extraordinária» e justificam a atribuição, «a título excepcional», do Grande Colar a Rocha Vieira.

Rocha Vieira foi governador de Macau entre desde Abril de 1991, data em que o então Presidente da República Mário Soares lhe conferiu posse, Rocha Vieira foi confirmado há cinco anos no exercício das funções por Jorge Sampaio, mantendo-se no cargo até à transferência da administração do território para a China, em 20 de Dezembro de 1999.

Jorge Sampaio vai ainda condecorar os elementos do Grupo de Ligação Conjunto Luso-Chinês que negociaram a transição da Administração - Santana Carlos, Magalhães e Silva, José Luís Nunes, Pedro Moitinho de Almeida e João Maria Cabral - o ex-presidente do Tribunal Superior de Justiça, António Maduro, e ex-procurador-geral adjunto, Simões Redinha.

A República Popular da China assumiu a Administração de Macau a 20 de Dezembro de 1999 depois de cerca de 450 anos de presença portuguesa. A cerimónia de transição foi presidida pelos chefes de Estado dos dois países, Jiang Zemin e Jorge Sampaio.