Cultura

A vida do capitão Cousteau deu um filme

Chama-se "A Odisseia" e retrata a vida de Jacques-Yves Cousteau, um dos maiores cientistas, investigadores exploradores dos oceanos. Estreia-se esta quinta-feira nas salas de cinema.

A Odisseia é uma "emocionante aventura" baseada nos factos verídicos do cientista francês que passou a vida a explorar oceanos e que morreu há 20 anos.

PUB

Realizado por Jérôme Salle, o filme passa-se em 1948 quando Jacques Cousteau (Lambert Wilson), a sua mulher (Audrey Tatou) e dois filhos vivem numa casa com vista paradisíaca para o Mediterrâneo. Apesar disso, Cousteau só pensa em aventuras.

Depois de conseguir adaptar o regulador da garrafa de ar comprimido ao mergulho, o inventor vai à descoberta de um novo mundo subaquático e, para tal, está disposto a sacrificar tudo o que até então alcançou.

"Demorei vários anos até conseguir um guião que me agradasse", porque Cousteau "vivia várias vidas no espaço de uma única vida", explica o realizador Jérôme Salle.

"Cousteau já é conhecido em todo o mundo. E foi há muito tempo", por isso "o filme permitirá que uma nova geração de jovens o descubra", diz.

As filmagens decorreram na Croácia, África do Sul, Antártida e Bahamas.