Cultura

Malapata: A comédia portuguesa estreia esta quinta-feira nos cinemas

O filme é um marco especial na carreira de Diogo Morgado, já que é a estreia do ator na realização de longas-metragens.

É uma comédia leve, um filme de amizade e desventuras. "São dois amigos que ganham a lotaria e que acham que isso vai mudar a sua vida", avança Diogo Morgado. Depois surge uma "malapata", uma sucessão de azares que leva a pensar "até que ponto o dinheiro compra a felicidade".

Diogo Morgado desta vez não aparece apenas no ecrã, como ator. Já tinha feito curtas-metragens, mas esta é a sua estreia atrás das câmaras como realizador de uma longa-metragem. "Eu nunca escondi que esta é a minha verdadeira paixão", revela o ator, que quer acima de tudo "contar histórias".

Este filme reúne um elenco de atores, e alguns são bem conhecidos como humoristas. Marco Horácio e Rui Unas desempenham os papéis principais.

Rui Unas salienta que a sua personagem, o Carlos, é semelhante a algumas pessoas que querem projetar aquilo que gostariam de ser. "Muito despachadas, muito confiantes, mas no fundo são pessoas muito solitárias", diz o ator.

A história é rodada na cidade de Faro. "Portugal é muito mais do que Lisboa e Porto e nós queremos continuar nesta demanda de mostrar o país aos portugueses", garante o realizador, desejando que o seu filme consiga, acima de tudo, pôr o público bem-disposto.