Fila J

Sim, Eu Tenho Razão.

Ter Razão, está de novo no teatro Carlos Alberto, no Porto.

Ter razão parte desse pressuposto, comum a todos, mas menos ao que acham que têm sempre razão , este é um espetáculo apresentado como com problemas de estacionamento, engarrafamentos monumentais e pessoas que se travam alegremente de razões. Jorge Pinto é um dos atores e começa por falar exatamente nessa coisa moderna de termos sempre razão. O encenador deste espetáculo que escreve também o texto olha para esta ideia, aqui reproduzida por Jorge Pinto um do atores do elenco, de ter razão, gostar ter razão e alongar o momento em que se tem razão para lá do razoável.Às vezes o teatro é deste modo, sentados olhamos as personagens e reconhecemos em nós aquela ou aquelas figuras. A banalidade extraordinária, o que nos faz mover quando temos razão, e tenho razão quando digo isto, sim tenho razão, eu é que tenho razão, pois claro, a razão está evidente, tenho razão.

PUB

Texto e encenação: Ricardo Alves, música: Ricardo Pinto, desenho de luz: José Álvaro Correia, cenografia: Sandra Neves, figurinos: Inês Mariana Moitas, interpretação: Emília Silvestre, Jorge Pinto, Ivo Bastos, Teresa Arcanjo, cocriação: Ensemble, Teatro da Palmilha Dentada, coprodução Ensemble - Sociedade de Actores, Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão, TNSJ

Ter Razão, no Teatro Carlos Alberto no Porto e fica quarta e sábado às 19h00 , quinta e sexta às 21h00 e aos sábados às 19h00 e no domingo, ultimo dia, às 16h00.

  COMENTÁRIOS