Documentários gratuitos e em português divulgados no mundo inteiro

Chama-se Plataforma 99. O objetivo é "dar voz aos 99% de histórias que não passam nos meios de comunicação tradicionais". O projeto independente, da autoria de um grupo internacional de jornalistas, está disponível em seis idiomas, incluindo o português.

A Plataforma 99 está sediada em França onde tem merecido rasgados elogios da crítica. À TSF, Nuno Prudêncio, um dos membros do projeto, diz que "a 99 pretende refletir fenómenos vastos, como o isolamento social ou a crise dos refugiados".

O projeto fundado por Jérôme Plan, integra vários jornalistas da Euronews, incluindo Nuno Prudêncio. "Todos nós estamos ligados a esta televisão internacional que, por sua vez, é também um conceito multicultural e multilingue", refere.

O projeto é independente e sem fins lucrativos. "A ideia é chamar autores independentes para expor os seus trabalhos. Neste momento os filmes que temos já disponíveis na plataforma foram financiados pelos próprios autores. O que podemos assegurar é que os nossos documentários serão sempre de acesso livre, que não irá haver publicidade na plataforma e que os filmes propostos podem circular e ser mostrados em todo o lado", assegura Nuno Prudêncio.

A 99 está disponível em seis idiomas. Inglês, francês, alemão, italiano, espanhol e, claro, português. "Através das 6 línguas que propomos (as nossas línguas maternas), as obras podem chegar a milhões de internautas. Na verdade, a abrangência potencial representa metade do planeta", sustenta. "Num futuro próximo, contamos adicionar mais idiomas à plataforma", acrescenta Nuno Prudêncio.

O projeto gratuito está disponível em www.99.media/pt/.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de