Fabrico do chocalho é Património da Humanidade

A Unesco considerou o fabrico do chocalho Património Cultural Imaterial da Humanidade com Necessidade de Salvaguarda Urgente.

A decisão foi anunciada na 10.ª reunião do Comité do Património Cultural Imaterial da Unesco, que decorre em Windhoek, na Namíbia.

A jornalista Isabel Meira acompanhou o momento em que o fabrico do chocalho se tornou Património da Humanidade

00:0000:00

O reconhecimento surgiu esta terça-feira. O fabrico de chocalho é agora Património Cultural Imaterial da Humanidade com Necessidade de Salvaguarda Urgente devido ao risco de extinção.

Alcáçovas, no Alentejo, é considerada a capital do chocalho. Esta semana, a TSF conheceu o mais antigo mestre chocalheiro, que continua a produção. Um trabalho de Isabel Meira, com sonoplastia de José Guerreiro e André Tenente que pode ser ouvido aqui.

A TSF viaja a convite do Turismo do Alentejo.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de