Festival Sudoeste

Esperadas 35 mil pessoas por dia na Zambujeira do Mar para o MEO Sudoeste

Conheça as novidades da 22.ª edição do festival que se realiza desde 1997, no litoral alentejano.

Está aí a 22ª edição do MEO Sudoeste, que volta a animar as noites e os dias na costa vicentina. Entre o primeiro festival, realizado na Herdade da Casa Branca em 1997, e os próximos cinco dias, muito mudou, nomeadamente a programação musical.

Do rock dos primeiros anos, à música de dança nos mais recentes, o festival da costa alentejana está agora algo mais centrado no hip-hop e no rap, com J Balvin, Jason Derulo, Shawn Mendes e Lil Pump à cabeça do cartaz.

Quem passar pela Zambujeira do Mar entre esta terça-feira e o próximo sábado vai encontrar um reforço de tecnologias e de infraestruturas, num alinhamento em que os DJs Hardwell e Marshmello também são fortes atrações.

Emergentes nomes nacionais como Piruka, Blaya e Karetus não faltam à festa, num MEO Sudoeste que, de ano para ano, tem sempre novidades. Luis Montez, organizador do festival fala-nos de algumas.

O festival já começou no dia 4, com workshops, performances variadas e a habitual festa no espaço de campismo, mas só arranca "mais a sério" esta terça-feira com o DJ Ben Ambergen e o brasileiro MC Fioti. Decorre até sábado, dia encabeçado pelo luso-canadiano Shawn Mendes que lançou este ano um álbum auto-intitulado e que ainda não era nascido aquando da primeira edição do Sudoeste.

  COMENTÁRIOS