Nova Árgea, a Comunal no PREC de 74, em instalação cénica

Nova Árgea é o lado cénico de uma instalação, do artista plástico André Guedes, a partir da Comunal, uma cooperativa agrícola no PREC, com a comunidade da aldeia de Árgea, perto de Torres Novas.

Primeiro foi uma instalação e André Guedes traz agora ao lado cénico esta ideia da Comunal. Em pleno PREC (Período Revolucionário em Curso), logo em 74, um grupo de pessoas juntaram-se à comunidade da aldeia de Árgea para criar algo em comum, trabalhando a terra, sem partidos ou convicções mais acesas, apesar de inclinações à esquerda. André Neves criou assim este espaço cénico para esta instalação.

Nova Árgea, como se fosse um panfleto, a alertar para criar uma nova ordem, um lugar para viver. Que liberdade para os indivíduos, sem qualquer referência documental, a ficção da Comunal, com música, texto e imagens em diaporama.

Esta é a Nova Árgea, talvez uma utopia, talvez apenas um espetáculo em palco.

Nova Árgea de André Neves está no teatro Maria Matos, em Lisboa e fica quarta, quinta e sexta-feira às 21h30 e no sábado, último dia, às 18h30 e às 21h30.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de