Cultura

Os novos artistas da fotografia

A exposição Parallel Intersection Lisboa está a partir de hoje à vista em Lisboa. Mas promete correr a Europa, para mostrar e discutir, a fotografia contemporânea europeia.

A associação Procur.arte inicia esta quinta-feira em Lisboa, uma exposição que pretende ser dinamizadora da fotografia europeia como forma de arte.

No convento da Trindade, vão ser mostrados trabalhos de novos artistas a quem é prognosticado, um futuro de destaque, nesta área.

A Exposição Parallel Intersection Lisboa, é o primeiro grande momento de uma rede criativa, baseada em Lisboa, e apoiada pela comissão europeia, chamada Parallel - European Photo Based Platform.

Um projeto pensado para quatro anos, que vai passar por diversas cidades europeias, já no primeiro ano.

Pela primeira vez, uma rede europeia na área das indústrias criativas, tem base em Portugal.

Junta 16 países da União Europeia, 18 instituições artísticas, portuguesas e estrangeiras, e 10 parceiros portugueses.

O projeto em financiado com dois milhões de euros, através do programa Europa Criativa.

Nesta primeira etapa, estarão em Portugal 20 artistas, que participam em iniciativas em Lisboa e em Torres Vedras.

  COMENTÁRIOS