Cultura

Querem "assar" o Toy no Campo Pequeno!

É um género de humor que nasceu na América. Chama-se roast,e vão fazer um ao Toy.

Há uma pessoa sentada num cadeirão. Há convidados. E há um apresentador, que é designado roastmaster.

E foi este último que esteve no Almoço TSF, a explicar a "homenagem" que vai ser feita ao cantor e compositor Toy, no dia 13 de dezembro, na arena do Campo Pequeno.

O roastmaster é Rui Sinel de Cordes, um dos mais polémicos humoristas portugueses, que traduz literalmente o conceito roast: "o Toy vai ser "assado" por vários convidados e por mim, e não vai ser o único...".

Não foram feitos muitos roast em Portugal, nomeadamente com esta escala, em salas grandes. A ideia é bombardear o protagonista com impropérios, insultos, calúnias, mas também com elogios. Ou então, atacar as outras pessoas que estão no palco.

Rui Sinel de Cordes, que leva década e meia de construção de espetáculos de humor, diz que não tem muita experiência neste formato, mas gosta do desafio.

Já sobre o Toy, "diz que não é fã, e que ele não sabe bem no que que meteu..."

Os convidados do Roast Toy, são o Jel, a Joana Amaral Dias, o Pedro Chagas Freitas, o Fernando Rocha, a Ana Garcia Martins (ou seja, a autora do blogue "A pipoca mais doce"), o Hugo Sousa e o cantor Melão.

Cada um deles, vai ter cerca de 7 minutos para falar (ou atacar).

Rui Sinel de Cordes, explicou no Almoço TSF, que só são usadas palavras, neste roast, e que espera, que no final, quando fora dada hipótese ao Toy para responder, "que ele não cante!".

Memento Mori

Na conversa, durante o Almoço TSF, Rui Sinel de Cordes deu pistas sobre o espetáculo que preparou para os primeiros meses de 2019.

Chama-se Memento Mori (do latim, que significa "lembra-te que és mortal"), e envolve a vários meios visuais, que ainda estão a ser preparados.

O humorista contou na TSF, que apesar do titulo, "é um espetáculo sobre a vida, sobre aquilo que fazemos dela, e sobre o tempo que perdemos com coisas que não interessam".

Alguns dos espetáculos (Lisboa e Porto), já estão esgotados.

  COMENTÁRIOS