Cinema

"Roma" é o grande vencedor dos prémios BAFTA

Pela primeira vez uma produção da plataforma Netflix vence na categoria de melhor filme naqueles que são considerados os Óscares britânicos.

O filme "Roma", de Alfonso Cuarón, venceu quatro prémios BAFTA, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Filme Estrangeiro, Realização e Fotografia.

PUB

Um bom presságio para a história inspirada na infância do realizador mexicano, já que os British Academy Film Awards costumam antecipar os premiados nos Óscares.

Quatro anos depois de ter ganhado o prémio de melhor realizador com "Gravidade", Alfonso Cuarón volta a estar nomeado para melhor filme e melhor realização nos prémios da Academia norte-americana.

"Roma" está ainda indicada para melhor filme estrangeiro, fotografia (de Cuarón) e elenco feminino, com as atrizes Marina de Tavira e Yalitza Aparicio.

Esta é a primeira vez que uma produção da plataforma Netflix vence um prémio BAFTA e também uma estreia nas nomeações para melhor filme nos Óscares.

Sete galardões para "A Favorita"

Já o filme "A Favorita" foi o que arrecadou maior número de prémios - sete - na 72.ª edição dos prémios BAFTA.

Olívia Colman foi distinguida como melhor atriz e Rachel Weisz recebeu o prémio de melhor atriz secundária. O filme do grego Yorgos Lanthimos levou ainda o prémio para o melhor guião original.

Rami Malek foi considerado o melhor ator, no filme "Bohemian Rhapsody", e Mahershala Ali venceu o galardão para o melhor ator secundário, pelo papel no filme "Green Book".

O prémio revelação distinguiu a atriz Letitia Wright, pelo papel no filme "Black Panther", e "Free Solo" ganhou na categoria de documentário.

Consulte aqui a lista completa dos nomeados para os Óscares deste ano

  COMENTÁRIOS