Cultura

Uma escola onde se aprende a arte da Marcha

Aqui vai ser possível aprender as artes da costura, figurinismo, coreografia, cenografia, musicalidade, entre outros saberes ligados às marchas populares.

A nova Escola de Marcha Carlos Mendonça abriu portas na noite desta terça-feira. É um projeto do Centro Cultural Dr. Magalhães Lima em parceria com a Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, e tem o nome daquele que ficou conhecido como "o Mourinho das marchas", Carlos Mendonça, falecido há dois anos.

Aqui será possível aprender as artes da costura, figurinismo, coreografia, cenografia, musicalidade e letras, entre outros saberes ligados às marchas populares.

A apresentação da escola iniciou-se com a inauguração do projeto-piloto para a confeção dos figurinos dos Alfaminhas.

Prevista está também a criação do Museu da Marcha de Alfama.

Os responsáveis consideram que a iniciativa deverá contribuir para preservar a identidade do bairro de Alfama, beliscada nos últimos anos pela pressão do turismo.