Museu Nadir Afonso abre ao público

O museu que coloca Chaves "no mapa dos espaços artísticos" foi inaugurado na segunda-feira pelo Presidente da República. Esta sexta-feira abre ao público e as entradas são gratuitas até à meia-noite.

A exposição inaugural "Nadir Afonso- Chaves para uma obra" é alusiva a 35 dos 70 anos de trabalho do pintor, que morreu em 2013.

Bernardo Pinto de Almeida, professor catedrático da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, diz que a obra de Nadir Afonso ainda não tem em Portugal o reconhecimento que merece

00:0000:00

O curador desta exposição, Bernardo Pinto de Almeida, historiador de arte e professor catedrático da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto considera que "o museu que Siza Vieira fez em Chaves é de tal modo grandioso que, desde logo, se constitui como um dos principais museus portugueses. Não estou a exagerar. Não tenho dúvidas que Chaves se tornará um itinerário imprescindível de todos aqueles que vêm a Portugal de propósito para conhecer a obra do Siza".

Para Bernardo Pinto de Almeida, o museu desenhado pelo Siza é tão grandioso e a possibilidade de o dedicar à arte de Nadir vão colocar Chaves no mapa artistíco português

00:0000:00

Bernardo Pinto de Almeida acrescenta que "dedicar o museu à obra de Nadir colocará Chaves no mapa dos espaços artísticos que existem em Portugal".

O historiador de arte defende que "o lugar relativo de Nadir Afonso na arte portuguesa tem de ser desenvolvido e reposto na medida da sua importância" e acredita que o museu poderá "ajudar" a concretizar essa tarefa.

Esta sexta-feira, no primeiro dia de abertura ao público, as entradas são gratuitas entre as 10:00 e as 00:00.

O museu Nadir Afonso, que foi inaugurado na última segunda-feira por Marcelo Rebelo de Sousa, custou perto de 8 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de