nacional

Alive: Pearl Jam encerram hoje a 12.ª edição do festival

Os norte-americanos Pearl Jam regressam hoje a Portugal e ao festival Alive, que decorre em Oeiras, ao qual estão associados desde a primeira edição, já que este foi batizado com um dos temas mais conhecidos da banda.

Embora não tenham álbum novo, o mais recente, "Lightning Bolt", data de 2013, nem haja ainda data prevista para um próximo, os Pearl Jam foram a razão principal para que os bilhetes para o dia de hoje do festival e os passes de três dias tenham esgotado em dezembro.

No concerto é expectável que apresentem o novo tema, "Can't deny me", e alguns dos sucessos de sempre como "Alive", "Black" e "Yellow Led Better".

Hoje, os Pearl Jam irão dividir o mesmo palco onde já atuaram em 2007 e 2010 com os MGMT, Jack White, Franz Ferdinand, Alice in Chains e The Last Internationale, todos velhos conhecidos do público português.

Pelos outros palcos do festival - são sete no total - passam hoje bandas e artistas como os At The Drive In, Perfume Genius, Real Estate, Xinobi, Bateu Matou, Throes + The Shine, Lotus Fever, Jorge Palma e Primeira Dama.

Com lotação esgotada, a organização espera que passem hoje pelo Passeio Marítimo de Algés, tal como na quinta e na sexta-feira, cerca de 55 mil espectadores.

Devido à realização do festival, o trânsito estará condicionado nas zonas de Algés, Miraflores e Belém, podendo ocorrer interdições pontuais, entre as 15:00 e as 00:30, no IC-17 CRIL e na Avenida de Brasília junto ao acesso ao Viaduto de Pedrouços.

Desde as 07:00 de quinta-feira, dia em que começou o festival, o estacionamento está interditado na Avenida Brasília, entre o acesso do Viaduto de Pedrouços e a Rotunda de acesso ao Passeio Marítimo de Algés. Essa interdição durará até ao final do festival, ou seja, à madrugada de domingo.

A 12.ª edição do Alive só termina hoje, mas as datas da edição de 2019 já estão confirmadas: 11 a 13 de julho.

  COMENTÁRIOS