Um operário da música e a história da Bossa Nova

"Eu, Meu Pai e Os Cariocas" abre esta quarta-feira o festival MUVI. A realizadora Lúcia Veríssimo esteve na TSF a falar sobre este documentário, um enorme testemunho da história da música brasileira.

"Eu, Meu Pai e Os Cariocas - 70 anos de música no Brasil" é o filme de abertura da quarta edição do MUVI - Festival Internacional de Música no Cinema. Ao longo de quase duas horas o documentário percorre a história do conjunto musical Os Cariocas, que acompanha a história da própria música brasileira.

Lúcia Veríssimo é a realizadora e filha do maestro Severino Filho, membro fundador do grupo. Para fazer este filme, recolheu mais de 60 testemunhos, verdadeiros atores na música do Brasil - Maria Betânia, Chico Buarque, Caetano Veloso, Djavan, Gilberto Gil, Paulinho Moska, Ney Matogrosso, Marcos Valle, Roberto Menescal... entre tantos outros.

Em conversa com Fernando Alves na Manhã TSF, Lúcia explica que quis fazer o documentário para que o Brasil não se esqueça da própria história. "Sempre digo que o brasileiro tem seis meses de memória porque é a duração de uma novela", conta.

Os Cariocas foram fundados em 1942 por Ismael Neto e Severino Filho. Estiveram parados durante 20 anos, tempo de ditadura do Brasil e regressaram em 1988. Ao longo de 70 anos, foram responsáveis por grandes êxitos da música brasileira, e lançaram muitos dos grandes nomes de hoje. No filme, ouvimos Roberto Menescal, Marcos Valle ou mesmo Chico Buarque lembrando o contributo d'Os Cariocas para a sua carreira.

João Gilberto levou para o grupo a batida de violão que funda a Bossa Nova. "Chega de Saudade" foi gravado pela primeira vez em 1958 pelos Cariocas e nessa gravação o mestre participa apenas a tocar violão.

Severino Filho morreu no ano passado. Lúcia fala do pai como "um operário da música". Foi ele que conduziu Os Cariocas durante sete décadas. Lúcia presta-lhe também assim justa homenagem.

"Eu, Meu Pai e Os Cariocas - 70 anos de música no Brasil" passa esta quarta-feira, às 21h30, no Cinema São Jorge, em Lisboa. Toda a programação do MUVI, o festival que exibe mais de 200 filmes sobre música, pode ser consultada aqui.

VEJA TAMBÉM:
"Vê além do que ouves". Cinema e música juntos num festival

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de