Produtor português vence Grammy de Melhor Gravação Remisturada

André Allen Anjos remisturou o tema "Tearing me up", de Bob Moses.

O produtor André Allen Anjos venceu um Grammy de Best Remixed Recording (Melhor Gravação Remisturada), tornando-se assim no primeiro português a ser distinguindo com um destes prémios de música, foi anunciado no domingo.

Os vencedores de algumas das 84 categorias dos prémios atribuídos pela Academia Nacional de Artes de Gravação e Ciência dos Estados Unidos foram divulgados no 'site' oficial dos Grammy.

André Allen Anjos, que em 2005 trocou o Porto pelos Estados Unidos, é um dos vencedores da 59.ª edição dos Grammy, cuja cerimónia decorre em Los Angeles (com início no domingo e continuação já na madrugada de hoje, no horário português), na categoria de Best Remixed Recording com uma 'remix' (remistura) do tema "Tearing me up", de Bob Moses.

"Há dez anos iniciei este projeto no quarto do dormitório [da universidade] e nunca pensei que estaria aqui. Isto é de loucos", afirmou, ao receber o prémio.

O produtor português é um dos fundadores do coletivo RAC (Remix Artist Collective) e esta foi a sua segunda nomeação nos Grammy. A primeira tinha sido em 2015, na mesma categoria, com uma remistura do tema "Say My Name", uma colaboração da dupla de eletrónica norte-americana Odesza com a inglesa Zyra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de