Académica quer "Renascer Andebol"

O Andebol da Académica conquistou vários galardões no panorama nacional, ao longo da sua história, mas os últimos anos ficaram marcados por um decréscimo de interesse na modalidade.

"Renascer Andebol" é o nome do projeto, criado pela secção de Andebol da AAC (Associação Académica de Coimbra) para fazer regressar a modalidade a um lugar central na cidade dos estudantes.

O jornalista Miguel Midões foi conhecer o projeto "Renascer Andebol"

00:0000:00

O Andebol da Académica conquistou vários galardões no panorama nacional, ao longo da sua história, mas os últimos anos ficaram marcados por um decréscimo de interesse na modalidade.

Por exemplo, as equipas do distrito de Coimbra são, inclusive, geridas pela Associação de Andebol de Aveiro. Quer Aveiro, quer Leiria, os distritos vizinhos, têm mais dinâmica na modalidade e a ideia da AAC é, precisamente, a de fazer renascer o andebol em Coimbra.

João Maio é o coordenador da formação e treinador da equipa sénior e garante que o objetivo do projeto "Renascer Andebol" é o de "trazer de novo esta modalidade histórica do país à ribalta na cidade, que já teve equipas vice-campeãs nacionais".

As captações estão a ser feitas em ambos os géneros, mas o foco está centrado no feminino. "Queremos voltar a ter equipa feminina. Sentimos que somos a única equipa de Coimbra com essa possibilidade".

Neste momento, desde os bambis até aos seniores, ao Andebol da Académica só falta o plantel júnior. A aposta é na captação de jovens e em elevar o nível da competição.

João Maio aponta o que está na origem do desinteresse nacional pelo andebol. "A exposição mediática tem sido baixa. A extinção dos clubes e o pouco fulgor que os clubes de Coimbra têm faz com que os jovens se interessem pouco pela modalidade".

A Académica está na 3ª divisão, no campeonato nacional de seniores. Em Coimbra existe a secção de Andebol da Académica, ligada aos estudantes, e a equipa do CAIC, ligada a um colégio, e não há mais.

João Maio, fala ainda de um desinvestimento na modalidade por parte das escolas. Por isso, com o apoio da Associação de Andebol de Aveiro, a Académica de Coimbra quer começar a dar formação aos professores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de