"Aconteça o que acontecer, já vamos fazer história"

Inês Henriques é uma das cinco mulheres que participam na prova de marcha dos 50 Km. Uma entre as primeiras.

Foi com outra energia que Inês Henriques treinou este sábado.

Sexta-feira à noite, chegou o mail que deu guia de marcha à participação de mulheres na prova de 50 KM marcha, até aqui apenas reservada aos homens.

A Federação Internacional de Atletismo ( IAAF) alargou as marcas de qualificação de 4.06 horas para 4.30 horas, superando as expectativas da atleta portuguesa, que assim vai ser uma das cinco mulheres em prova nos mundiais de Londres, que começam em agosto.

"Uma conquista" diz à TSF Inês Henriques a partir de Espanha, onde está a estagiar, e uma motivação extra para continuar o trabalho que lhe permitiu lutar pela igualdade de género nesta competição e provar que as mulheres também têm pernas para marchar.

Inês é desde janeiro a atleta que detém o recorde mundial da distância, 4.08,26 h. Agora é continuar a treinar, acreditar e sonhar com a medalha em Londres. "Sim, é possível!".

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados