"Acreditamos sempre." Sérgio Conceição e as contas do título

A vitória frente ao Benfica volta a colocar o FC Porto na luta pelo primeiro lugar campeonato.

O treinado do FC Porto, Sérgio Conceição, gostou do espetáculo dentro do relvado. "Foi um grandíssimo jogo de futebol, naquilo que foi um jogo com intensidade, duas equipas a quererem ganhar, com grandes jogadores em campo. Em termos de estratégia, cada um dos treinadores tentou fazer o melhor para trazer algo à equipa que fosse positivo. Teve todos os ingredientes de um grande espetáculo", afirmou na flash interview.

No final da partida, o técnico portista explicou o que pediu aos jogadores. "Preparei o jogo no sentido de sermos uma equipa pressionante, mas de forma organizada, e não de forma individual. Coletivamente tínhamos de ser fortes e a anular a primeira fase de construção do Benfica, obrigando à bola longa, e pelos duelos ganhos fomos superiores no que foi à aproximação também da segunda bola." Acrescentando, "a partir desses momentos defensivos, explorámos com bola algumas das fragilidades do Benfica. Tivemos inúmeras oportunidades, tivemos a infelicidade, e mérito do Benfica, de marcar no primeiro remate à baliza na primeira parte, e na segunda igual."

Sérgio Conceição não poupou elogios aos jogadores portistas: "Emocionalmente foi uma equipa de grande caráter. Parabéns aos mesmos jogadores, que fizeram um excelente jogo contra uma equipa forte. Estávamos a sofrer no corredor central, meti o Marega na direita e o Otávio como terceiro homem no meio campo para equilibrar. Troquei o triângulo de meio campo, com o Uribe mais posicional, para controlar mais o jogo. Continuámos sempre a acreditar que era possível aumentar a vantagem, tivemos oportunidades para isso, e não fomos eficazes, se não sairíamos com um resultado volumoso. Foi um jogo de futebol muito interessante do que foi a estratégia e mudanças no decorrer do jogo", resumiu.

O treinador dos dragões não esconde a ambição para o que resta de Liga. "Acreditamos sempre. São apenas três pontos, não interessa ganhar aqui se contra o próximo adversário não trouxermos os três pontos. É uma maratona e estamos na luta, acreditamos no que fazemos. Temos um balneário, um grupo, muito equilibrado e competitivo", garante.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de