Adiamento da 'medal race' põe mais pressão nos adversários de Jorge Lima e José Costa

As condições climatéricas em Enoshima, centro da vela dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, adiaram esta segunda-feira todas as regatas marcadas.

O adiamento da 'medal race' de 49er, de segunda-feira para terça-feira, vai colocar mais pressão nos adversários de Jorge Lima e José Costa, sextos na classificação, com a dupla "bastante relaxada e tranquila" para as decisões em Tóquio 2020.

As condições climatéricas em Enoshima, centro da vela dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, adiaram esta segunda-feira todas as regatas marcadas, incluindo a 'medal race' e também as últimas duas regatas da fase regular do 470 masculino, com Diogo Costa e Pedro Costa no 13.º posto.

"Com tanto em jogo, veio aumentar um pouco a tensão e ansiedade, mas não para o nosso lado. Eu e o sentimo-nos bastante relaxados e tranquilos. Mas vai aumentar ainda mais para os nossos adversários mais perto das medalhas, sem nada garantido. Mais 24 horas de espera em cima, quando estavam mentalizados para hoje como dia de todas as decisões, é mais um pouquinho de pressão", referiu Jorge Lima, em declarações à Lusa.

Os velejadores têm já "algum hábito neste tipo de situações, que acontecem com alguma frequência", dado que a modalidade está "sempre dependente do vento", e com "tanto em jogo" é possível que aqueles mais próximos das medalhas sejam afetados.

Os portugueses, por seu lado, não sentem que tenham "perdido alguma coisa", até porque consideram andar "bem no vento fraco, sim, mas também com outros ventos".

"Acreditamos no nosso potencial. É uma regata de 20 minutos, com os 10 melhores, e tudo pode acontecer. Vai ser uma regata mais de nervos do que do vento. Os fatores são mais psicológicos do que outra coisa", acrescentou.

Jorge Lima vê a dupla "a top, físico, mental e de material" e cheia de confiança e tranquilidade, numa prova em que já venceram uma regata e, no sexto posto, estão a 16 pontos do pódio.

A regata das medalhas está agendada para as 13h33 de terça-feira no Japão (05h33 em Lisboa), em Enoshima, já depois de os 470 disputarem as regatas nove e 10, a partir das 12h15 (04h15) em Zushi.

MAIS SOBRE TÓQUIO 2020

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de