Amorim conta com Tabata para o clássico da Taça e recusa acreditar em castigo

O treinador do Sporting diz estar tranquilo em relação ao possível castigo do avançado brasileiro.

O treinador do Sporting disse hoje contar com Tabata para o 'clássico' com o FC Porto, das meias-finais da Taça de Portugal, e recusa-se a acreditar que o futebolista 'leonino' seja novamente castigado antes do final deste mês.

"Estou a contar com o Tabata. Não acredito que saia castigo nenhum. Principalmente até passarmos a eliminatória da seleção [portuguesa, no 'play-off' de acesso ao Mundial2022], acho que não vai sair castigo nenhum. Portanto, estou tranquilo e a contar com o Tabata", atirou Rúben Amorim, em conferência de imprensa, na Academia Sporting, em Alcochete.

O técnico foi questionado na antevisão do encontro da primeira mão, no mesmo dia em que o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) se reúne pela primeira vez após o final das suspensões preventivas de Tabata e de Pepe, resultantes dos incidentes registados no final do último encontro entre Sporting e FC Porto, para o campeonato.

O avançado dos 'leões' e o internacional português dos 'dragões' foram castigados com dois jogos, mas o CD da FPF abriu uma investigação ao comportamento dos dois jogadores, que pode resultar em penas adicionais.

Apesar dos incidentes, que resultaram ainda num castigo de três jogos a Palhinha e dois a Marchesín, guarda-redes do FC Porto, além de outro a Coates, que já tinha sido expulso no início da segunda parte desse 'clássico' no Dragão, o treinador do Sporting garante que não teve "conversa nenhuma" com os seus jogadores antes no reencontro com os 'azuis e brancos'.

"Nós temos de dar um exemplo melhor daquilo que foi o jogo no [Estádio do] Dragão. Portanto, não tive conversa nenhuma, porque é tão claro que temos de ser melhores nesse aspeto e os jogadores são homenzinhos e não precisam de nenhuma conversa", desvalorizou o técnico.

Amorim não conta, no entanto, com Pedro Gonçalves, que continua sem saber "quando vai voltar", enquanto o defesa central Feddal ainda está em dúvida.

Sobre a baliza, que nas eliminatórias anteriores da Taça foi entregue a João Virgínia, o técnico não abriu o jogo mas deixou pistas que dão a entender que Adán deverá ser o titular frente aos 'dragões'.

"Obviamente temos uma divisão entre os guarda-redes, e não pelas competições, mas pelos jogos. Vamos escolher o melhor para vencer o FC Porto", indicou.

Mas a partida conta para a Taça de Portugal e Rúben Amorim acredita que "não tem assim tanta influência" no campeonato onde o Sporting continua na perseguição ao líder FC Porto, que leva seis pontos de vantagem.

"Cada jogo tem a sua história. É uma competição diferente. Obviamente, quem ganha um jogo destes, ganha vantagem na eliminatória e trabalhar sobre vitórias é sempre diferente, mas quanto a mim não vai ter influência no desenrolar do campeonato", concluiu.

O Sporting recebe o FC Porto na quarta-feira, em partida da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, com início marcado para as 20:45, no Estádio José Alvalade, e arbitragem de Artur Soares Dias (AF Porto).

As duas equipas já se defrontaram duas vezes nesta época, para o campeonato, tendo empatado ambos os encontros, em Alvalade (1-1) e no Dragão (2-2).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de