Amorim "tem um plano" e acredita que é com ele que o Sporting vence o Arsenal

Técnico leonino garante que a equipa tem "melhorado desde o início da época" e que neste jogo "não precisa" de preocupar-se com a concentração dos jogadores.

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, garantiu esta quarta-feira que a equipa "tem um plano" e está entusiasmada e preparada para vencer o Arsenal, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa de futebol.

Amorim, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro com os londrinos, disse conhecer bem o adversário, frisando que, mesmo que estes alterem jogadores na equipa inicial, a dinâmica será a mesma.

"Conhecemos bem o estilo do Arsenal. Sabemos o espírito que a equipa tem. A nossa equipa tem melhorado desde o início da época. Vivemos um bom momento. Estamos preparados para o melhor Arsenal. Nestes jogos não é preciso o treinador estar preocupado com a concentração dos jogadores porque eles estarão concentrados do primeiro ao último minuto", afirmou.

Sem querer levantar a ponta do véu sobre os objetivos europeus, Rúben Amorim reconheceu que, ultrapassando os gunners, o Sporting ficaria mais motivado para o que falta da temporada.

"Vencendo uma equipa como o Arsenal mostra-nos que tudo é possível. Iríamos entrar de outra forma para os jogos seguintes. Agora, temos de entrar bem frente ao Arsenal e querer ganhar. Não sei se é o melhor momento para defrontar o Arsenal, mas é um momento bom. Nós temos um plano, vamos querer ganhar, estamos entusiasmados e estamos preparados", garantiu.

Com a ausência do médio defensivo uruguaio Ugarte abre-se uma vaga no centro do terreno e Rúben Amorim não garante a presença do argentino Mateo Tanlongo no lote dos titulares, dando assim a entender que a dupla Pedro Gonçalves e Morita, que alinhou no último encontro frente ao Estoril Praia, poderá repetir-se.

"Defender é subjetivo. O Tanlongo não é um jogador fisicamente muito forte. Defender é ver a capacidade de fazer metros em alta intensidade, a capacidade de se anteciparem aos adversários. Olhámos para tudo e escolhemos o melhor onze. Ele poderá ser uma opção ou desde do banco, ou desde o início", disse.

Antes de Rúben Amorim, o defesa Jeremiah St. Juste prestou declarações à imprensa e disse que a equipa está preparada para defrontar o líder do campeonato inglês.

"Sinto que estamos preparados. Temos um plano. Estou confiante e vai ser um grande jogo. O Arsenal é uma equipa que quer ganhar. É uma equipa dinâmica quando tem a bola. É isso que esperamos deles", disse o central neerlandês.

Questionado sobre a diferença de forças e de argumentos entre as duas equipas, St. Juste não se atemoriza.

"Não me parece que seja o pior adversário para defrontar na Liga Europa. Este é um jogo excelente. O Arsenal é líder da Liga inglesa e, por isso, tanto os jogadores como a equipa técnica do Sporting querem participar este tipo de jogos", concluiu.

Depois de ultrapassar o play-off diante dos dinamarqueses do Midtjylland (1-1 em Alvalade e 4-0 em Herning), o Sporting recebe na quinta-feira, às 17h45, os ingleses do Arsenal, em jogo da primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa que será arbitrado pelo alemão Tobias Stieler.

A partida tem relato em direto na TSF e pode ser acompanhada ao minuto em tsf.pt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de