Jota bisa na goleada do Liverpool ao Southampton. Veja os golos

Thiago Alcantara e Van Dijk também marcaram para os reds. Wolverhampton empatou a zeros frente ao Norwich.

PorLusa
© Peter Powell/EPA

O Liverpool, com a ajuda de um bis do futebolista português Diogo Jota, goleou este sábado na receção ao Southampton (4-0), num encontro da 13.ª jornada da Liga inglesa, e subiu provisoriamente ao segundo lugar.

Depois de vencer o FC Porto a meio da semana, para a Liga dos Campeões, o emblema treinado pelo alemão Jürgen Klopp voltou a exibir-se a grande nível e, desta vez, com um onze sem poupanças, ao invés do que tinha acontecido diante dos dragões (2-0).

Em Anfield Road, o avançado luso colocou os anfitriões em vantagem, logo aos dois minutos, e viria a bisar aos 32, num lance em que voltou a surgir à boca da baliza, antes do espanhol Thiago Alcantara colocar um ponto final nas aspirações dos forasteiros, aos 37.

No segundo tempo, o central neerlandês Van Dijk (52) marcou à antiga equipa e fechou o resultado com números goleadores, que deixam o Liverpool no segundo posto, 28 pontos, menos um do que o líder Chelsea, que nesta ronda recebe o Manchester United.

O Manchester City, que será o anfitrião do West Ham (quatro, com 23), fecha o pódio, com 26.

A armada lusa do Wolverhampton, treinada por Bruno Lage, não foi além do nulo na visita ao campo do aflito Norwich e pode perder o sexto lugar (20 pontos) para o Tottenham, sétimo, com menos um.

Os portugueses José Sá, Nélson Semedo, Rúben Neves, João Moutinho e Francisco Trincão alinharam de início nos wolves, enquanto o compatriota Fábio Silva foi suplente não utilizado.

No primeiro encontro do dia, o Arsenal bateu o lanterna-vermelha Newcastle (2-0), que continua sem vencer na Premier League, enquanto os gunners ocupam o quinto posto, com 23.

Sem o português Cédric Soares na ficha de jogo, foi o compatriota Nuno Tavares, hoje titular, a ter um papel crucial no resultado, quando assistiu o colega de equipa Bukayo Saka (56), para este dar início à vitória, consumada por Gabriel Martinelli (66).

De resto, o Aston Villa foi a sul de Londres impor-se diante do Crystal Palace (2-1), face aos remates certeiros do defesa Targett (15) e do médio McGinn (86), enquanto Guehi (90+5) marcou o tento de honra dos locais, que foram alcançados pelos villans na 10.ª posição.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG