Livakovic voltou a tremer menos. Croácia bate Brasil nos penáltis e é semifinalista do Mundial

Guarda-redes parou remate de Rodrygo e Marquinhos atirou ao poste, deixando os canarinhos pelo caminho.

PorGonçalo Teles
© Ina Fassbender/AFP

Dominik Livakovic voltou esta sexta-feira a ser o herói dos croatas ao defender um penálti perante o Brasil, garantindo a passagem da Croácia às meias-finais do Mundial.

Ouça o comentário de Tomás da Cunha a este jogo no Jornal do Mundial, com edição de Teófilo Fernando.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

O guardião croata defendeu desde logo a primeira grande penalidade brasileira, cobrada por Rodrygo, e deixou os canarinhos em risco de eliminação.

Sem dar hipóteses, os croatas foram convertendo os seus remates até que Marquinhos, quarto batedor brasileiro, rematou ao poste e assinou a eliminação da seleção liderada por Tite.

Nas meias-finais, a Croácia, semifinalista em 1998 e finalista em 2018, vai defrontar, na terça-feira, em Lusail, pelas 19h00 (em Lisboa), o vencedor do embate entre a Argentina e os Países Baixos, que se defrontam ainda esta tarde.

O jornalista Tiago Santos explica como está a ser vista esta derrota pelos média brasileiros.

Your browser doesn’t support HTML5 audio

<strong>Golos só no prolongamento</strong>

Depois de 90 minutos de tempo regulamentar sem golos, foi preciso esperar até ao final da primeira parte do prolongamento para haver festejos nas bancadas, e foram em português.

Neymar partiu do corredor central, tabelou com Rodrygo, depois com Paquetá, tirou o guarda-redes Livakovic do caminho e disparou para o 1-0, igualando o recorde de golos de Pelé na seleção brasileira: são 77.

Os croatas conseguiram responder já ao cair do pano, quando Orsic conduziu pela esquerda e cruzou para Petkovic que, esquecido pela linha defensiva brasileira, fez o empate.

Relacionados

Veja Também

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG