Ronaldo voltou a dizer "sim" a uma vitória que o Manchester United parecia não ver

Internacional português fez o 3-2 aos 81 minutos e deu a liderança isolada do Grupo F à equipa de Old Trafford.

PorTSF com Lusa
© Peter Powell/EPA

Cristiano Ronaldo foi novamente decisivo numa reviravolta do Manchester United ao assinar o terceiro golo da vitória por 3-2 dos ingleses sobre a Atalanta. O Grupo F da Liga dos Campeões é agora liderado, de forma isolada, pelos red devils, com seis pontos, muito graças ao internacional português.

Mario Pasalic e Merih Demiral, ainda na primeira parte, consumaram o 12.º jogo seguido do United a sofrer golos em casa.

Marcus Rashford - que assinou o 300.º tento dos ingleses na era Ole Gunnar Solskjaer -, e Harry Maguire repuseram a igualdade após assistências de Bruno Fernandes, antes de Ronaldo, aos 82 minutos, conseguir o golo do triunfo, tal como já tinha sucedido na ronda anterior, frente ao Villarreal (2-1).

Com o primeiro desaire na prova, a formação de Bérgamo foi alcançada no segundo lugar pelo Villarreal, que venceu por 4-1 no reduto do Young Boys e passou a somar os mesmos quatro pontos dos italianos, enquanto os suíços caíram para a última posição, com três.

Além do Bayern e do Villarreal, também o Chelsea aplicou uma 'chapa quatro', na receção ao Malmo (4-0), para o Grupo H, com tentos de Andreas Christensen, Jorginho, que converteu duas grandes penalidades, e Kai Havertz.

Os campeões europeus continuam no segundo lugar, com seis pontos, atrás da líder Juventus (nove), um dos quatro emblemas que seguem 100% vitoriosos na prova, juntamente com Bayern, Liverpool e Ajax. O sueco Dejan Kulusevski marcou, aos 86 minutos, o tento decisivo dos 'bianconeri' no terreno do Zenit (1-0).

O único nulo (0-0) registado nesta terceira jornada da Champions aconteceu em França, onde o Lille, com José Fonte, Tiago Djaló e Renato Sanches de início, e Xeka a entrar no segundo tempo, empatou com o Sevilha, resultado esse que permitiu ao Salzburgo reforçar ainda mais o primeiro lugar do Grupo G, com sete pontos.

Os austríacos bateram por 3-1 o Wolfsburgo e têm mais quatro pontos do que os espanhóis (três) e mais cinco face a franceses e germânicos, ambos com dois.

A quarta jornada da Liga dos Campeões está agendada para os dias 2 e 3 de novembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG