Armindo Araújo reforça liderança do nacional de ralis com triunfo no Vidreiro

O piloto venceu, este sábado, o Rali Vidreiro, quinta prova do calendário, e reforçou a liderança do campeonato nacional de ralis, marcado pelo acidente do atual campeão, Carlos Vieira, internado com "prognóstico reservado".

Armindo Araújo (Hyundai i20 R5) consolidou, assim, a liderança do campeonato, após a quinta etapa nacional de ralis, a primeira da temporada em piso de asfalto.

No Rali Vidreiro, o tetracampeão nacional, de 2003 a 2006, dominou praticamente do primeiro ao último quilómetro, vencendo sete das 10 'especiais', no que foi o terceiro triunfo consecutivo no campeonato, após as vitórias no Rali de Mortágua e no setor do Nacional do Rali de Portugal.

Ricardo Teodósio (Skoda Fabia) terminou no segundo lugar, a 27 segundos do piloto da Hyundai. O algarvio ainda foi o mais rápido na segunda passagem por Pinhal do Rei (12,98 km), mas numa altura em que o líder já geria a vantagem.

A fechar o pódio, ficou Pedro Meireles (Skoda Fabia). Uma má escolha de 'set up' do carro, afinado para tempo de chuva, que não caiu, deixou o piloto de Guimarães longe da luta pelo primeiro lugar, terminado a 1.22,9 minutos do vencedor.

José Pedro Fontes, ao volante do 'velho' Citroen DS3 R5, teve uma escolha errada de pneus, optando pelos de chuva, mas, com o piso a apresentar-se seco, foi incapaz de acompanhar o ritmo dos mais rápidos.

Não foi além do quarto lugar, a 1.43,2 minutos de Armindo Araújo. Fontes aguarda agora pela chegada, em definitivo, do novo C3 R5, com que se apresentou no Rali de Portugal, mas que a marca francesa não tinha disponível para ser usado nesta prova na Marinha Grande.

Adruzilo Lopes (Porsche 997) fechou o 'top 5', numa luta até ao último metro com Miguel Barbosa (Skoda Fabia R5), que foi sexto, prejudicado por um duplo furo que o afastou da luta pela vitória.

O Rali Vidreiro ficou marcado pelo despiste, na primeira especial, do atual campeão nacional, Carlos Vieira, que depois de uma primeira assistência no hospital de Santo André, em Leiria, foi transferido para Coimbra. Está internado na Medicina Interna do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, e segundo fonte hospitalar, com "prognóstico reservado".

O campeonato nacional de Ralis prossegue nos dias 30 de junho e 1 de julho, com o Rali de Castelo Branco, sexta das nove provas do calendário de 2018.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados